terça-feira, maio 26, 2009

Curtas

Cajuda fica para o ano De um lado, a imagem da subida e, principalmente, do memorável terceiro lugar. Do outro, o falhanço europeu e um oitavo lugar sem qualificação europeia. De um lado, o princípio da estabilidade e a memória do futebol do ano passado. Do outro, a alergia a jovens formados em casa e algumas declarações ridículas (não admira, dada a ajuda que tem para o efeito). Estou dividido, mas Cajuda fica mais um ano.

Viabilidade garantida Se António Oliveira garante que o Estrela é viável, quem somos nós para duvidar de uma pessoa deste gabarito?

master kodro

Sem comentários: