sábado, novembro 01, 2008

Rio Ave 0 x 1 Liedson

Apesar do momento saltou-me o parafuso de Derlei, que se deixou dominar pelo gene da caverna, o Sporting demonstrou esta noite mais controlo emocional e concentração no objectivo, acabando por obter três pontos justos e incontestáveis.

Foi uma equipa solidária e trabalhadora, confirmando, para já, a tese de Pedro Barbosa.

O resultado final, no entanto, não pode ser outro que não Rio Ave 0 x 1 Liedson, porque foi a qualidade individual do levezinho que transformou um empate em progresso numa vitória tranquila.

Nota positiva para a estabilidade de Rui Patrício, a eficácia e coordenação da dupla Polga-Caneira e a melhoria exibicional de Moutinho, o qual, decididamente, pontapeia melhor do que fala.

Em relação a Derlei, que já na época passada protagonizou uma expulsão absurda, em Leiria, parece atravessar um período de clara inutilidade, calcanhar de Donetsk à parte.

Termina um ciclo difícil para o Sporting, em que o único resultado acima das expectativas acaba por ser o triunfo em Braga. Mas, até ao final da primeira volta, só há quatro saídas: Naval (Novembro), Amadora (Dezembro), Setúbal (Janeiro), Nacional da Madeira (Janeiro). Estão reunidas as condições para o regresso da tranquilidade, assim a Liga dos Campeões fique resolvida já na terça-feira e a recepção ao FC Porto para a Taça de Portugal não contenha pasta de dentes.

kovacevic

Golo à Liedson (vídeo sapo)

Crónica Mais Futebol
Crónica Agência Lusa
Paulo Bento destaca espírito de sacrifício
"Nunca houve casos", diz Caneira
"Temos condições para chegar ao primeiro lugar", assegura Rochemback

Sector B32: "Dois resultados positivos e os problemas de militância acabam"

11 comentários:

leaoconselheiro disse...

"o único resultado acima das expectativas acaba por ser o triunfo em Braga"

Não há dúvida que és um optimista!

Com o calendário do Sporting neste arranque de época foram 8 em 12 vitórias - 67%
A média de vitórias da história do Sporting em competições domésticas é 63% e na Europa 41%

Eu diria que, com o calendário que tivemos, os resultados são bem melhores do que o que queres pintar (mesmo se estou de acordo que aquelas 2 derrotas foram muito penalizadoras).


"Estão reunidas as condições para o regresso da tranquilidade"

Claramente um optimista!

pitons na boca disse...

"incontestáveis"?? lol

Não podia estar mais em desacordo com essa palavra.

Ganharam bem, aproveitaram uma prenda de natal antecipada, mas se o resultado fossem ao contrario alguém ficava chocado, com o que se passou no campo?

JLC disse...

Sim.

Pedro disse...

Com Liedson é logo outra musica...

Um brinde daqueles só pode ser aproveitado se o avançado tiver o espirito de Liedson. O resto são tretas...

kovacevic disse...

leaoconselheiro

Em termos de optimismo, de facto, ninguém te ganha.

Quanto à frase -- "o único resultado acima das expectativas acaba por ser o triunfo em Braga" -- referia-me exclusivamente ao campeonato.

leaoconselheiro disse...

Então, de acordo.

Mas a análise tem de ser feita de forma mais global, sobretudo nesta altura em que 5 de 12 jogos foram em provas que não do campeonato

luissm disse...

Enquanto houver adeptos a dizer para o treinador do seu clube "mete gelo, pá" não há razões nenhumas para dizer que vai voltar a existir tranquilidade. Principalmente agora que vamos ter alguns jogos em casa...

E parabéns por não teres visto ponta de mérito do PBento nesta vitória!

kovacevic disse...

O Sporting jogou muito bem e o Paulo Bento - Deus o guarde - é o melhor treinador do mundo.

Está melhor assim?

Anima-te, pá. Agora, sempre que o Sporting ganhar, tu vibras a dobrar: graças à vitória e graças ao prazer de vir aqui atirar-me os méritos de Paulo Bento à cara.

Como vês, não podias estar melhor.

luissm disse...

Azia... estará alguém com azia?

Calma, kovacevic, é óbvio que o Paulo Bento não é o melhor treinador do Mundo. É também óbvio que nenhum dos jogadores é o melhor do Mundo... espera... o Stoj e o Vuk devem ser!

Mas, para mim, o Paulo Bento tem feito um trabalho que merece consideração e que justifica a sua continuação no Sporting sem qualquer margem para dúvidas.

Tão só.

Ah, e eu podia estar melhor, se os adeptos apoiassem mais, os jogadores teriam mais confiança e, além da consistência que têm demonstrado, poderiam começar a jogar melhor à bola.

E lamento desiludir-te mas vê lá se desces do pedestal. Eu vim aqui defender o Paulo Bento, não vim aqui atacar-te. Não tens assim tanta importância.

kovacevic disse...

Sobre o Stoj, procura na barra de pesquisa e encontras um post de 8 de Julho em que me refiro a ele como BEM dispensado.

Isto foi há quatro meses.

Nesse texto defendia que a permanência de Stoj em Alvalade, no entanto, era uma sombra de tempestade.

Alguém como tu achou que eu estava a ser o que tu achas que eu sou: inimigo do Bento e do Sporting.

Hoje lê-se que o Stoj é uma má influência e está a contribuir para a postura do Vukcevic.

Adiante.

Na mesma barra de pesquisa, podes procurar um texto assinado por mim que defenda o despedimento do Paulo Bento.

Podes procurar, mas não encontras nenhum.

Aliás, se lês o 442 e a respectiva caixa de comentários, sabes que defendo a permanência do PB, porque já o escrevi várias vezes.

A diferença entre nós é que eu não abdico de neurónios ou opiniões em favor de terceiros.

Quanto a vires defender o PB - e não atacar-me - estou certo de que é um argumento sólido e facilmente comprovável pelo facto de haver comentários teus idênticos ao que fizeste aqui nas centenas de blogues sportinguistas que estão online.

Nuno disse...

"foi a qualidade individual do levezinho que transformou um empate em progresso numa vitória tranquila."

Han??? Mas que qualidade, pá? Eu conheço idosos que, com um brinde daqueles, também faziam golo. Achar que há o minímo de mérito do Liedson naquele lance é ridículo.

Pedro diz: "Um brinde daqueles só pode ser aproveitado se o avançado tiver o espirito de Liedson. O resto são tretas..."

Sim, pedro. O Liedson é o único homem no mundo que tem duas pernas e que, com elas, consegue correr e chutar.