sexta-feira, novembro 21, 2008

Play it again, Sam # 8 - The Ting Tings

Não queria ser o gajo
Depois de "Great DJ", "That's not my name" e "Shut up and let me go", todos saídos de uma infinita fonte de singles marcantes chamada 'We started nothing', escolho outro, com um andamento distinto, para rapinar - fora do contexto - uma frase da letra para dizer que não queria estar na pele de Queirós nos próximos meses, até ao jogo com a Suécia.

"I don't wanna be the one..."


Tema
: "Be the one",
Álbum: We started nothing, 2008
Interpretação: The Ting Tings



master kodro

5 comentários:

galvao99 disse...

Boa escolha, com um ambiente de concerto ao vivo puro e duro, como convem.

Se me permites, tenho algumas sugestões alternativas, uma delas consegue reflectir o estado actual do ambiente interno e externo da selecção. Um clássico dos "Pixies -"Wave of mutilation".

Num registo mais "light", e mantendo-nos nos Pixies, podiamos tambem optar por "Oh my golly"; "n.º 13 baby"; "Mr. Grieves" ou "I bleed".

:)

master kodro disse...

Já tiveram a vez deles... O "I bleed" era perfeito...

Mr. Shankly disse...

Caso percamos com a Suécia, proponho "I know it's over" dos Smiths (ou não tivesse "eu" sido tema de outra canção dos mesmos).

cparis disse...

A ler: Manuel José

mago disse...

Isso é só vontade de protagonismo? Francamente, Mr. Shankly ;)