terça-feira, novembro 18, 2008

Espantoso

Até vou republicar este artigo na íntegra:

"O dia de ontem era de pagamento no E. Amadora. Todavia, uma vez mais tal não aconteceu. O cheque até existia desde há alguns dias, mas o “mecenas” – a empresa Obriverca, de Eduardo Rodrigues – terá dado o dito pelo não dito e retirou o prometido apoio ao E. Amadora. A empresa de construção imobiliária, sediada em Alverca, passou um cheque de 150 mil euros a fim de ajudar o clube da Reboleira. Contudo, terá havido uma irregularidade de saque, o que terá inviabilizado os pagamentos. Esta marcha atrás poderá ter a ver com o facto de este apoio ter sido tornado público, num programa de TV no domingo à noite. A Obriverca teve como sócios, na constituição original, Eduardo Rodrigues, Luís Filipe Vieira e Joaquim Marto (falecido). No entanto, desde há bastante tempo o único proprietário é Eduardo Rodrigues. Refira-se, ainda, que o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e o seu homólogo estrelista António Oliveira estão de relações cortadas desde o “resgate” do camaronês Binya da Reboleira pelos encarnados, no início da época transacta."

Sem mais comentários.

master kodro

30 comentários:

piazzanuova disse...

Mal vi esta notícia publicada, algo me disse que aqui viria a ser postada...

master kodro disse...

E foi essa a tua primeira reacção ou pensaste no significado da notícia?

Red Glock disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Mário Rui Ventura disse...

Já agora, e passo a publicidade, vale a pena ler a crónica do José Gabriel Quaresma sobre o mesmo tema, no Finta & Remata.

pitons na boca disse...

Pelo emnos ficámos a saber que o LFV já não é sócio da empresa... :P

O que eu queria mesmo era que os salários fossem pagos...

Mr. Shankly disse...

"Sem mais comentários."

É pena. Eu gostava que alguém tirasse alguma conclusão.

master kodro disse...

Toda a gente queria, pitons.

master kodro disse...

Eu também gostava que alguém tirasse uma conclusão desta situação e de outras situações análogas, shankly, mas parece que há outras prioridades.

Mr. Shankly disse...

No meu caso não são prioridades. Não consigo mesmo. Imagino que queiras apontar o dedo a Vieira, mas sinceramente não compreendo como.

master kodro disse...

Não estou a falar das tuas prioridades, shankly. Estou a falar das prioridades de quem investiga o crime económico em Portugal. Sobre isto já escrevi tudo (e já escrevi mais do que devia) o que já tinha a escrever, não posso fazer mais nada que não seja lamentar as misérias deste país.

Ricardo disse...

Estou como o Shankly, Kodro. Desde há algum tempo que vens falando (ou, pelo menos, insinuando) numa estranha e promíscua relação entre Vieira e alguns negócios do Estrela (corrige-me se tiver entendido mal). O que eu gostava era que, em vez de passares umas notícias para aqui e de alguns textos em que referes negócios duvidosos do clube da Amadora com clubes estrangeiros e intermediários suspeitos, de uma vez por todas falasses o que pensas com todas as letrinhas. Afinal o que tem Vieira a ver com os casos que contas? (a pergunta é sincera, não contém ironia)

Como provavelmente não me respondes de forma directa, ao menos faz por responder a outros e a mim, indirectamente, se conseguires ou puderes.

Acho que há aqui gente que gostava de saber qual a base para essas insinuações, de uma vez por todas.

piazzanuova disse...

Sabia que a notícia aqui teria eco por razões simples que se prendem com o critério editorial escolhido pelo blog. Quando o nome de Vieira surge, seja em que contexto for,sinais luminosos se acendem por aqui, nem Agamémnon quando voltou a Micenas teve direito a tão célere enfoque.É um critério legítimo, sem reserva, mas penso que o leitmotiv do texto é o de criar celeuma. Exista ela ou não. Tenha Vieira algo que o envolva ou não. É só.

master kodro disse...

E vieste cá dizer que sabias. Obrigado.

Pelo menos não me insultas como os teus parceiros de blog têm por hábito fazer, mesmo quando concordam com o que escrevo ou quando não percebem português. Já é uma evolução, não no conteúdo, mas na forma.

Mister D disse...

Espantoso é o 442 aparecer sempre que o nome do LFV aparece.

Assim como também é espantoso andar muita gente a reboque do Rui Santos, o único gajo que tem "tempo extra" e nem sequer se atreve a falar mal de um certo clube.

Voltando ao principal do texto, é notório que o campo José Gomes, na Reboleira, está muito bem localizado e dava umas valentes casas, com um preço bastante em conta.
É notório que José Raposo, presidente da CM Amadora, é um dos principais impulsionadores dessa mudança.
É notório que haja interesses imobiliários, não só da Obriverca, mas de outras empresas de construção civil.
É notório que António Oliveira, de parvo não tem nada.
É notório que o E.Amadora vai parar à Segunda Divisão ou até mais abaixo e há-de haver alguém que lucre com isso, seja ele LFV ou outro.
É notório que em todos os clubes há negócios escuros que envolvem algo mais do que 11 jogadores e uma bola.

E é também notório que o Benfica (seja por LFV ou por outro qualquer) é sempre falado neste blog...

Mister D disse...

É assim: depende sempre da perspectiva.

A perspectiva esta semana no 442 é falar no caso que o Rui Santos falou e que os jornais pegaram.

Nem houve cantinho do Vitória, nem houve referências ao clima que se gerou no Dragão, nem houve referências à falta de respeito que houve para com o Presidente do Vitória.

É assim... não é para todos, como tu sabiamente dizes...

master kodro disse...

O problema é dos olhos de quem lê, mister d, que parecem só ver o que se escreve quando o nome Benfica ou algo que lhe seja remotamente associado (em muitos dos casos são mesmo só esses olhos que o vêem) aparece escrito.

Vê lá tu que eu até conheço um gajo que escreve sobre estas mesmas questões, da mesma forma que eu e com as mesmas preocupações que eu (acrescidas por ser adepto do Benfica), e que, por vergonha, começa as frases com expressões parecidas com "correndo o risco de me chamarem master kodro...".

É a vida. Quem pode, pode. Não é para todos.

Mr. Shankly disse...

mister d, obrigado.

master kodro disse...

Para tua informação, sem que te queira fazer sentir mal, raramente leio o que o Rui Santos escreve, nunca vejo o tempo extra, cago para a opinião dele e não se escreveu o Cantinho do Vitória porque passei a maior parte do fim-de-semana no hospital a acompanhar um familiar, como tenho passado os últimos meses.

O resto é dos olhos de quem lê e quando esses vêem com preconceito, não há mais nada a fazer, da minha parte pelo menos.

Quem só tem preconceito e insultos para oferecer, interessa-me muito pouco.

Pedro disse...

Hilariante...

O regresso das connections!!!

LOL

Filipe disse...

O jornalista que escreveu a peça continua fiel à velha mania portuguesa do boato. Não há um pingo de investigação jornalística. A tese do jornalista, insinuando que LFV terá usado de influência junto de Eduardo Rodrigues para que esse não pagasse ao Estrela, com quem estará zangado não cola.

Parece-me estranho que estes indivíduos se movam desta forma por coisas ligadas a inimizades pessoais. A mim interessava-me mais saber como se estão a movimentar os interesses imobiliários da zona (incluindo o LFV).

Por outro lado, a questão é que com a história do tal cheque a direcção do Estrela ganhou tempo. O Porto pediu o adiamento do jogo com o Estrela (algo perfeitamente legítimo dado o encontro da CL e os jogadores nas selecções) o que impede a greve já no próximo jogo.

Há coisas graves aqui, quer tudo tenha sido uma aldrabice do Estrela para ganhar tempo, ou manobras de interesses para prejudicar o clube. O jornalista escolheu a mais obtusa, a da vingança pessoal.

LC disse...

Foi o LFV que organizou toda esta situação, nao se ter sentado ao lado do presidente do Estrela foi só para tapar os olhos a toda a gente, os 4000 NN são todos culpados de todos os crimes que assolam o futebol portugues, o LFV também é culpado destes 4000 NN serem mas pessoas porque lhes virou as costas e incendiou ainda mais a situação, foi o LFV que projectou toda a palhaçada que se passou no dragay, e foi o LFV que prometeu mundos e fundos ao Vukcevic, Moutinho, Veloso, etc etc etc.

SABEM QUEM É O LFV?

O Luis Fernando Veríssimo, escritor do livro "E TUDO MUDOU"

vieiradospneus disse...

O que esta "gente" é capaz de fazer para não prejudicar o gueluriôzo. Ora deixa cá ver... estavam quantas pessoas na Luz no Domingo passado? Era um bocado lixado devolver os bilhetes e não haver circo... Não era?

pitons na boca disse...

Por falar em circo, depois há aqueles palhaços que parece que nem sabem que quando se entrega um pré-aviso de greve não se pode entrar em greve no dia a seguir...

cparis disse...

Absolutamente espantoso. :S

Kaiser disse...

Eu, pessoalmente, gostei muito do post, até porque conheço os contornos da venda da participação do Vieira na Obriverca Eduardo Rodrigues.

Acho, contudo, que o post peca por não fazer qualquer referência ao jogo Estoril-Benfica no Algarve ou ao pagamento dos salários do Vitóra Futebol Clube por parte do Benfica.

Dava todo um outro enredo.

Como está, ficamos a saber que o Vieira tinha uma participação numa construtora, mas já não tem - faz, efectivamente, bastante tempo -, e que essa construtora - uma das 100 empresas do universo Eduardo Rodrigues - ofereceu 150.000 euros e depois voltou atrás.

Não consegui perceber a parte do "sem mais comentários" aliada ao título do post e às sucessivas respostas - ao nível do contraditório - aos sucessivos posts que por aqui pululam:
-Já todos percebemos que a intenção passa por especular que o Vieira telefonou ao Edurado Rodrigues, para ele oferecer dinheiro ao Estrela, para o Estrela jogar na Luz, etc, etc.

A ter acontecido, acho muito bem: ganhámos 1-0 em campo e não 3-0 na Secretaria...

sergonov disse...

O mais engraçado é que o MK, critica o facto do Rui Costa ser sempre referencia jornalistica ao nível de novo heroi nacional (o que realmente é verdade) mas nem entende que faz exactamente a mesma coisa em relação ao LFV mas ao contrário... para o MK o maior vigarista português é o LFV ou o Benfica tanto faz.

MK, quando preceberes que ao falares de nós só nos dás mais dimensão pode ser que entendas muitas coisas...tu e todos os antis...

master kodro disse...

Já vi que acreditas na história do sobrinho taxista na Suíça, kaiser.

sergonov, "quando preceberes que ao falares de nós só nos dás mais dimensão pode ser que entendas muitas coisas".

Kaiser disse...

A verdadeira questão é que ele não era sobrinho, pelo menos do dito.

Um dia, quando tiver mais tempo, conto-te a história da "venda da participação". Se o Coppola soubesse, tinhamos aí a sair a parte IV...

master kodro disse...

No Alverca foi o filho que o substituiu no Conselho de Administração (todos os outros eram os mesmos da lista e confiança de Vieira), no património, onde o Benfica B passou a jogar uns anos depois. O pior disto tudo é que acontece às claras, ninguém contesta ou equaciona e não se passa absolutamente nada.

Mocho Astuto disse...

vale a pena conferir

http://resistencia06.blogspot.com/2008/11/mentira.html