segunda-feira, setembro 08, 2008

Portugal estatístico

Estou longe de achar que se deve entrar em euforia com os dois últimos resultados da selecção, os primeiros desta nova cruzada de Queiroz, principalmente porque os adversários de Portugal foram duas selecções extremamente fracas, e ainda bem que estão a ser tratadas como tal pelos media e, dentro dos limites impostos pelo respeito que todos os adversários merecem, pelos responsáveis pela selecção. Mas convém respeitarmos a história:

- A última vez que a selecção marcou, pelo menos, quatro golos fora de casa foi a 17 de Novembro de 2004, no Luxemburgo (0x5). E antes desta é preciso recuar a 1 de Setembro de 2001, numa vitória em casa de Andorra (1x7). E se é verdade que Malta está num deprimente 133.º lugar no ranking FIFA, o Cazaquistão (1x2 a 17 de Outubro de 2007) é 120.º, o Azerbaijão (0x2 a 13 de Outubro de 2007) é 138.º e o Liechtenstein (2x2 a 9 de Outubro de 2004) é 130.º e na altura em que empatou com a selecção portuguesa era o 151.º.

- Desde a estreia de Cristiano Ronaldo na selecção nacional, esta partida foi apenas a segunda em que o astro português não esteve disponível para actuar num jogo a sério, para fases de qualificação ou fases finais (a outra foi uma vitória na Bélgica por 1x2), tendo feito parte dos disponíveis em 42 ocasiões. Em princípio vai ficar de fora mais três partidas, a começar pelo confronto desta semana com a Dinamarca, um adversário que não nos traz grandes memórias.

master kodro

2 comentários:

Filipe disse...

Supresa, surpresa é o grupo do Couceiro. A França levou uma cabazada da Áustria!

Fredy disse...

a malta e as ilhas faroe sao colossos.. a imprensa tuga é que nao sabe! falta o scolari cá para os informar direito e os tugas "cegos" seguirem lol