quinta-feira, setembro 18, 2008

Paulo Bento refém de si próprio

Os jornais de hoje antevêem uma oportunidade para Vukcevic frente ao Belenenses. Mas, ainda assim, o Jogo adianta que Vuk é refém de si próprio e tem dificuldade em gerir as ausências. Ou seja, através da imprensa amiga continuam a chegar recados ao espaço público que atiram o ónus deste caso para cima do jogador. Já se escreveu de tudo: arrogante, fala muito, treina pouco, está desmotivado, não tem ritmo, está lesionado -- e agora, para cúmulo, é refém de si próprio porque não gosta de ficar de fora e amua. Se não lesse não acreditava. Um tipo que vê Tiuí ser escolhido repetidamente no seu lugar, que é impedido de se exibir no Santiago Bernabéu e em Nou Camp, que ouve Miguel Veloso declarar, à média de duas vezes por mês, no mínimo, a vontade de se pirar de Alvalade, que assiste ao conflito despoletado pelo próprio capitão Moutinho, a duas semanas da supertaça, na tentativa de forçar a saída, que conhece o historial de incidentes protagonizados por Liedson, que sabe tudo isto, fica de fora, a seguir lê que fica de fora porque não tem ritmo, e em cima disto é acusado de andar sem ganas, por amor de Deus, espera-se o quê? Que chegue ao treino, com a maturidade dos seus 23 anos, pise o relvado e agradeça reverentemente ao treinador? Isto é absurdo e tresanda a casmurrice de Paulo Bento, o novo Scolari inimputável, que só tinha um remédio, se não que voltar atrás: aceitar a saída de Vuk enquanto o mercado estava aberto. A estratégia do Sporting - ignorar, desmentir, relativizar - falhou. E quanto mais a imprensa amiga culpa Vuk, mais o sr. Stjoadinovic, que gosta nada de ficar calado, vem para o resto da comunicação social atiçar a fogueira. Não perceber isto é não perceber como apagar um fogo desnecessário. Maniche, ou Cristiano Ronaldo, por exemplo, foram recuperados nos respectivos clubes. Vuk fez 12 golos em 30 jogos na época passada, incluindo três na Europa, um ao FC Porto e dois ao Benfica. Há muitos médios na história do Sporting com este desempenho no ano de estreia?

kovacevic

25 comentários:

cparis disse...

Haja um sportinguista que admita que há imprensa amiga. A ouvir falar o Dias Ferreira parecia que era uma cabala contra o SCP.

leaoconselheiro disse...

Essa tua posição sobre o Vukcevic tem contornos de obcessão. Nota-se que te chateia profundamente, assim como se nota uma predesposição para cascar no PBento sempre que tal é possível. Há muito pouca lucidez nessa opinião. Lamento.

Mário Rui Ventura disse...

Se já chateia a imprensa falar nisto, começa também a chatear ver a conversa do Vuk espalhado pela blogosfera. Deixem o Paulo Bento gerir a sua equipa em paz e, no final, fazem-se as contas. O ano passado também já todos o queriam fora dali, era uma época estrondosamente decepcionante e, no final, acabou com mais uma presença na Liga dos Campeões e mais uma Taça de Portugal... sem Stojkovic e Vukcevic, com Tiuí a brilhar...

leaoconselheiro disse...

Já agora pergunto se a imprensa amiga do Sporting agora é o jornal OJogo?

kovacevic disse...

leaoconselheiro,

aconselho-te a ler esse comentário ao espelho (excepto a parte do Paulo Bento, que deves substituir por: um sportinguista nunca diz mal do Paul Bento, um sportinguista nunca diz mal do Paulo Bento, um sportinguista nunca diz mal do Paulo Bento).

depois, conto que venhas aqui apresentar argumentos. Um, pelo menos.

kovacevic disse...

Mas tu tens alguma dúvida que a secção Sporting do Jogo - cuja competência profissional não está em causa - tem uma posição situacionista em relação à hierarquia do Sporting?

galvao99 disse...

Nao se coloca em causa o valor dele, mas a época passada, em muitos momentos, deu-me a sensação que o jogador jogava sozinho, não passava a bola a ninguem, e cada bola recepcionada era cada bola rematada à baliza.

PB tem essa caracteritica de Scolari, de formar um grupo, de ter os seus "incondicionais" mas nunca tal impediu um jogador aplicado, com discurso humilde, e procurando ganhar o seu espaço dia a dia, de conquistar um lugar no 11.

Claro que em equipa que ganha nao se mexe e, até aqui, a equipa ganhava sem Vukcevic. Umas derrotazinhas acompanhadas de empenho do jogador e silencio do empresário, e pode ser que vá lá.

Gonçalo disse...

Concordo com o Kovacevic.
Não é uma situação fácil. O treinador, para ter legitimidade para pedir entrega e motivação, tem que demonstrar coerência e capacidade para motivar os jogadores.

Gosto do Paulo Bento, assim cm tb gostei do trabalho do Peseiro(1 epoca). No entanto acho que ele aqui mostra um irredutibilidade "perigosa".

Um abraço

Jorge disse...

O Paulo Bento ja recuperou algum jogador com quem tenha entrado em conflito?
Nao estou a ser sarcastico, mas pelo que tenho lido parece que os jogadores que entram em conflito com o Paulo Bento, independentemente de terem ou nao razao, acabam por ter de sair do clube.
Isso nao seria bom nem para o clube nem para o PB que mostraria falta de capacidade para gerir recursos humanos.

Peyroteo disse...

Toda a razão neste post e muito boa a parte da "imprensa amiga". De facto, os jornalistas da secção Sporting d'O Jogo não conseguem ser isentos quando se trata desta direcção e do treinador. Defendem-nos sempre, mesmo quando os factos apontam em sentido contrário. É mais que óbvio que esta situação do Vukcevic, tal como a do Stojkovic, está a ser muito mal tratada. A verdade é que o Paulo Bento consegue ser bastante casmurro mas só com determinados jogadores.
Enfim, isto não vai acabar lá muito bem...

Bruno Ribeiro disse...

A solução é simples: desterrá-lo para as terras geladas do Norte! Aqui no Porto faz um frio desgraçado no Inverno! :)

Esta situação já está para lá do ponto de retorno. A culpa é claramente do Paulo Bento, a menos que hajam dados internos que a malta desconhece. O Vuk já no Saturn teve problemas internos, mas neste caso parece claro que o Bento teve uma má decisão, e para isso nem é necessário comparar.

A saída em Janeiro será o melhor para o jogador e para o clube. Se a situação se arrastar, o Sporting não terá quem lhe pague mais do que 2,5 milhões pelo jogador.

Já aqui apresentei a solução ideal: €2,5 milhões + o resto dos 50% do passe do Postiga + 50% e direitos desportivos do passe do Bolatti. Pelo menos para o FCP seria ideal! Mais a sério, tenho a convicção que o Bolatti renderia muito mais numa equipa com o modelo de jogo do Sporting do que no FC Porto. E tenho dúvidas que o Vuk encaixasse no modelo do FCP, apesar de ser um bom jogador. Mas nada como experimentar.

leaoconselheiro disse...

Kovacevic,

Não se trata de nunca dizer mal do Paulo Bento, trata-se de não ter uma postura preconceituosa em relação aos treinadores. Trata-se de não partir do principio que ele é que é teimoso apesar de ser a parte que defende os interesses do Sporting enquanto que o jogador defende apenas os seus próprios (ou que julga serem os seus). Há uma grande diferença de motivações entre o PB e o Vukcevic. A um só lhe interessa que o Sporting ganhe, a outro... nem por isso. É muito claro, clarissimo mesmo...

O Vuk é um jogador que eu aprecio e que, caso isto não descambe para o impensável, vai ter a sua oportunidade a seu tempo. Mas não é um imprescindivel do Sporting e os seus interesses ou valor não se podem nunca sobrepor à igualdade entre os elementos do grupo.

Depois há o caso Moutinho. Vir para os jornais é sensuravel mas ninguem pode condenar um jogador por ter ambição. Apenas o poderá fazer se essa ambição se reflectir na sua atitude profissional. É, para mim, até bom que os jogadores queiram jogar sejam ambiciosos porque só esses encontram motivação para serem melhores e trabalhar melhor. O caso é incomparável com o Vukcevic.

Já agora para veres como a tua análise é inundada de pouca lucidez, dizer que é um médio que marcou 12 golos é falso e porque a maior parte deles terão sido marcados como avançado e não como médio.

Já agora, sobre a "imprensa amiga". Aquilo que chamas imprensa amiga são jornalistas com uma opinião diferente da tua porque o jornal Ojogo, ao contrário de outros, não tem nenhuma postura estratégica em relação ao Sporting, ao contrário de outros que, esses sim, vão sendo amigos ou inimigos por interesse e não por convicção. São situações diferentes, muito diferentes.

Mais uma vez, lamento que, como Sportinguista, vejas as coisas desta maneira. Faz-me lembrar aquelas pessoas que, quando acontece alguma coisa de errado, começam logo a mandar vir com o treinador. É a cultura...

Vegeta disse...

O Paulo Bento não é treinador para o SCP. Nunca se viu um treinador tão fraco a gerir um balneário, sem ser o Peseiro. Independentemente da valia do Stoj ou do Vuk, são jogadores do Clube. E merecem tanto ser castigados como os que andam sempre a dizer que querem sair.

Paulo Bento é muito fraco, muitos treinadores da nossa Liga era campeões à vontade com a equipa que o SCP tem. Facilmente.

Leão de Alvalade disse...

infelizmente as obsessões de PB ficam caras ao meu clube. como se viu em barcelona o patricio é bom mas não faz a diferença. as que têm que entrar entram. se não podia ser stojkovic que fosse alguém com qualidade. e quando se olha para os que estão disponíveis... sobrescrevo o que dizes sobre vukcevic. mas peço-te o encarecido favor que não fales mais sobre ele ou sobre o sérvio. estou em crer que, além de incomodar seriamente os bentistas incondicionais, pb mais fincará a sua posição. não sei se existe imprensa favorável ao Sporting mas sei que há noticias a circular pelos jornais que mereciam ou um desmentido ou um esclarecimento. o método usado com o sérvio, de desacreditação na imprensa é agora repetido: quanto mais o treinador diz que a opção é técnica mais noticias aparecem no jornal. por isso escrevi "isto" o caso mais paradigmático foi o do everton, desmentido pelo seu agente, pelo jogador e o clube nem se pronunciou mas também não agiu disciplinarmente. vá-se lá saber porquê...

isto é o que acontece quando as lideranças vivem reféns dos técnicos por não existir quem verdadeiramente dirija. por não existir contraditório. seja por demasiada proximidade de pb e pbarbosa, seja por fsf e mrt não se quererem incomodar. veja-se o caso dos gr: porque se adquiriu um 4º gr, demasiado jovem, tão jovem como golas que terá a ascensão tapada para o ano? agora em barcelona jogou caneira à esquerda da defesa. os 2 defesas-esquerdos estavam na bancada. se não se conta com rony pq continuou ele? se se conta para que foi necessário gastar uma fortuna com 50% de grimi? e ainda ficam o pinto filho e o marques... e depois fala-se do passivo. quando se trata assim os activos não se pode esperar outra coisa...

leaoconselheiro disse...

Vou só acrescentar mais dois aspectos antes de dar por terminada a minha intervenção neste debate que, honestamente, me desilude:

1- Nos casos em que o PB teve um problema com jogadores, afirmou-o no inicio de época e dispensou os jogadores. Foi assim com o Martins ou Stojkovic. Neste caso não foi isso que aconteceu, ele disse e repetiu que contava com o jogador como contou durante toda a época (o caso começou com a atitude "à lá Sabry" do Vuk na final da Taça) e demonstrou-o ao coloca-lo como titular na apresentação. O Vuk lesionou-se e perdeu o lugar, depois, já se sabe, não é fácil jogar no meio campo do Sporting (veja-se o Veloso, indiscutivel no ano passado) e é preciso trabalhar para o recuperar. É preciso muita imaginação para se ver uma implicação do PB com o jogador porque, se formos a analisar o passado, nada o indica.

2- O Sporting tem 5 avançados no plantel. Nenhum deles é o Vukcevic. Falar do Tiuí é desconversar porque, para isso o Tiui não estava no plantel. O Vuk compete no meio campo, com o Izmailov, Pereirinha, Rochemback, Moutinho, etc. É dificil entrar mas esse é um mal de quem joga em boas equipas.

kovacevic disse...

leaoconselheiro

- achas desonesto eu falar de 12 golos do médio Vukcevic porque dizes que muitos foram obtidos a jogar como avançado, mas depois alegas que "falar do Tiuí é desconversar" e que "Vuk compete no meio-campo"

- obsessão, predisposição para cascar no Paulo Bento, pouca lucidez, postura preconceituosa em relação aos treinadores: é assim que te referes a mim e a um texto que se limita a expressar uma opinião. Diferente da tua. E depois vens dizer-me que considero os jornalistas do Jogo amigos do Sporting só porque têm uma opinião diferente da minha? Mas quem é o preconceituoso aqui, afinal?

- Pergunto-te que é que viu Vukcevic treinar, no último mês, excepto os colegas e equipas técnicas. Tu viste? Os jornalistas que só têm acesso aos primeiros 15 minutos viram? Quem é que achas que fala com os jornalistas? O montenegrino Vukcevic, o sérvio Stoj ou alguém da equipa técnica, da SAD, dos jogadores portugueses e brasileiros mais antigos? Como é que sabes, pergunto, que o Vuk treina mal? E se é o único a treinar mal?

- escreves tu, mais coisa menos coisa: Moutinho tem ambição e é óptimo, Vukcevic está a pôr-se em bicos de pés e merece ser castigado. Discordo totalmente, são casos idênticos e o do Moutinho bem mais grave. Se não estamos de acordo quanto a isto é impossível vermos o caso Vukcevic - que tu teimavas há uns dias não existir - da mesma maneira.

Mas nada disto é grave.

Não vale a pena ficares desiludido, muito menos incomodado.

JABT disse...

leaoconselheiro,

Se tivesses a informação que o Kova tem, certamente que terias opinião diversa.

Se soubesses que o Vuk apenas teve um comportamento menos adequado, mas logo a seguir rectificou, tendo-se remetido ao silêncio (ele e o seu empresário) e que realmente se tem aplicado com todas as suas capacidades nos treinos.

Se soubesses que o Moutinho não só teve um comportamento inadequado, como tem persistido no erro (ele e o seu empresário), sem se dedicar convenientemente nos treinos.

Se soubesses que o Paulo Bento é um vendido, que cede a Tiuí porque precisa dele na equipa, embora o seu comportamento fosse suficiente para o deixar de fora, deixando elementos, com menos qualidade técnica, é certo, mas com excelente comportamento, como é o caso do Vuk.

leaoconselheiro , se não fosses um internauta que vive apenas à conta da crítica, independentemente teres ou não conhecimento dos pormenores que rodeiam as situações, não acharias que os jornalistas da secção do Sporting n’O Jogo são independentes, só por terem opinião diferente da tua.

Por fim, leaoconselheiro, pedia-te que começasses a colocar uns parágrafos nos teus escritos. Isso facilitaria a leitura.

Um abraço e desculpa a crítica , que pretendo construtiva.

kovacevic disse...

JABT

voltamos ao mesmo.

Eu não digo que tenho informação.

Pergunto que informação têm vocês.

Insinuas que o Vukcevic tem mau comportamento. É o que os jornais e os blogues insinuam. Fala-me de casos concretos.

Dizes que Vukcevic treina mal. Paulo Bento demorou 1 ano e três meses a perceber isso? Na época passada não treinava mal? Na semana antes do jogo de apresentação treinou bem, mas daí em diante passou a treinar mal? O Paulo Bento alguma vez disse, em público e com frontalidade, que ele treina mal?

Em relação aos jornalistas do Jogo, dos quais, presumo, és fonte próxima, frisei, como tens obrigação de ter lido, que não está em causa sua competência profissional. E, para mim, não está. Pode-se ser igualmente competente e fiável tendo um postura mais ou menos agressiva. Neste caso, têm, em relação ao Sporting, uma postura amiga e situacionista. É a minha opinião. Limito-me a expressá-la. Não me vês aqui a insultar internautas só porque têm uma opinião diferente da minha.

JABT disse...

Kova,

A crítica sem ter por base informação, é uma crítica fácil, sem grande valor.

Eu não tenho mais informação que tu.

Não insinuo absolutamente nada sobre o comportamento do Vuk, pois não tenho informação para isso. As insinuações e as especulações deixo para outros.

Não considero que o Paulo Bento tenha que falar frontalmente sobre o assunto para a comunicação social. Sou mais de deixar os cães a ladrar enquanto a caravana passa.

Presumes mal, não sou nem por sombra fonte próxima dos jornalistas do jornal O Jogo. Na minha opinião os jornalistas apenas devem veicular as informações tal como são, podendo, se quiserem, emitir as suas opiniões. Se não o fizerem são incompetentes. Não devo é apelidá-los de amigos ou inimigos por emitirem a sua opinião.

Quanto aos insultos, concordo em pleno contigo.

Devo acrescentar que quando o Paulo Bento foi contratado, considerei uma decisão errada. E continuo a considerar errada, pois na minha opinião deveria ter sido contratado um treinador com mais experiência e provas dadas.

Hoje admito que o desempenho está muito a cima do que esperava, mas não deixo de o considerar um treinador tacticamente limitado. Talvez a experiência lhe traga maior capacidade de ler o jogo e de tornar mais versátil o esquema táctico da equipa.

Depois de tomada a decisão de contratação, então acho que deverá ser mantida. Até agora não vejo motivos para a não manutenção do treinador. No entanto, penso que esta época será decisiva. A equipa melhorou ao nível da qualidade, o treinador também terá de evoluir. No final há que voltar a pesar o que de bom foi feito e o que falhou. Terá que ser feita uma avaliação ao treinador e decidir em conformidade.

Esta opinião resulta do que vejo nos jogos e dos meios de comunicação social. Como vês não sou um yes man às ordens da direcção do Sporting. Só não gosto da crítica fácil.

kovacevic disse...

JABT,

1 - Tudo o que tenho escrito sobre esta situação relaciona-se com a gestão do caso por parte da SAD, da comunicação do Sporting e do Paulo Bento. Nada escrevi sobre supostos acontecimentos ou comportamentos para lá dos muros de Alcochete. Ao contrário de outros.

2 - Para isto - comentar a gestão do caso e as consequências dessa gestão - tenho informação mais do que suficiente.

3 - Por colocar a hipótese de haver informação que pode ser útil para percebermos melhor o que se passa é que pergunto o que fez Vukcevic de tão grave para merecer um castigo que dura há um mês. Repito: tu sabes? O leão conselheiro sabe?

4 - Por fim, o mais importante: eu quero que o Vukcevic jogue porque tenho a certeza que seja a titular ou como 12º jogador pode ser muito útil ao Sporting

JABT disse...

Kova,

3 - Nas questões que levantas eu começaria por perguntar se se passará mesmo alguma coisa. Sei que o Vuk não foi titular em Braga e não foi convocado noutros jogos, que esteve em défice físico neste princípio de temporada, que por isso não foi titular na sua selecção e não tem treinado a 100%, que não gosta de ficar no banco ou não ser convocado, que o seu agente desportivo pressiona continuamente com declarações para a comunicação social, que o Paulo Bento por opção técnica não o tem posto a jogar (segundo a comunicação do próprio clube). Que mais sabes a este respeito? E como deverá ser gerido?

4 – Eu também quero que o Vuk jogue. Quero que joguem os jogadores que estejam em melhores condições para ajudar a equipa em cada partida. Para isso temos um treinador.

Rizzo Da Rat disse...

Meus caros,

já todos sabem que o Vuk teve com um pé no Dragão em Maio e que era a surpresa anunciada por Pinto da Costa para Agosto.

Foi o Postiga para Alvalade mas o Bento quis teimar em manter o jogador pois não engoliu que este tivesse dito em pleno balneário que estava disponivel para rumar a norte.

Façam um favor ao Vuk. Deixem-no ir. Ou não. Deixem-no ficar a minar a cabecinha ao Bento.

Jean-Paul Lares disse...

Kova. A partir de hoje, abstenho-me de comentar neste, como nos outros blogs.

Em jeito de despedida, lembro-te alguns casos de "conflito" com Paulo Bento que não se resolveram com a saída dos jogadores, mas sim com a sua plena integração nos objectivos do grupo: Polga e Liedson. E eu nem sequer sou um grande defensor de Paulo Bento - ou, ao contrário do que afirmas, da "situação", mas isso não interessa nada.

Adeus

kovacevic disse...

Caro Jean-Paul

Lamento se lês os meus comentários como uma ofensa pessoal - a ti e aos teus companheiros de trabalho.

Repito o que escrevi: considero que a secção Sporting do Jogo tem uma postura amiga e situacionista em relação à hierarquia do futebol do Sporting.

Repito também que não coloco em causa a vossa competência.

Resta acrescentar que só comecei a ler-te nos blogues e que a consistência dos teus posts me levou a transferir a leitura para o Jogo em busca de informação sobre o Sporting. Penso ser a melhor prova de que aprecio e considero o vosso trabalho.

Jean-Paul Lares disse...

Kova, não encarei os teus comentários como uma ofensa, nem tão pouco me incomoda que tenhas uma opinião diferente da minha.

Cansei-me, só isso.

Abraço