segunda-feira, setembro 29, 2008

Curtas

1. A jornada arrancou com mais uma exibição pouco convincente do Porto, contudo mais do que suficiente para conseguir uma vitória amplamente justa, sem margem para qualquer tipo de contestação (excepto a que vem das bancadas, que quer espectáculo). Sem Lucho, Raúl Meireles foi novamente decisivo, com um golo (recuperação de bola e assistência de Lisandro) e uma assistência para Hulk, que, depois de uma excelente abertura para a ponta, quase falhou a baliza deserta...

2. Depois houve o eterno clássico da 2.ª Circular. Depois de experimentar várias leituras apaixonadas, faço a minha: foi um jogo extremamente equilibrado, que poderia ter qualquer resultado, em que ninguém conseguiu impor-se sem margem para dúvidas. A diferença apareceu na eficácia de Reyes, um remate fantástico de trivela, de um ângulo quase impossível, num lance que no comum dos jogadores não seria sequer uma oportunidade de golo. E, em contraponto, na ineficácia de Djaló e Postiga, que até tiveram mais oportunidades claras de golo (já contando com a de Nuno Gomes). Quim esteve excelente.

3. Das várias leituras que já fiz, a que me espanta mais é a da valorização da exibição dos jovens centrais encarnados. É certo que Sidnei, com um golo e um corte espectacular, merece estar entre os destaques da partida. Mas quem é que deixou Djaló e Postiga isolados frente a Quim, mais do que uma vez?

4. Deu-me um gozo particular a assistência para golo de Carlos Martins. Pode ser que Paulo Bento aprenda qualquer coisa com esta situação, principalmente nesta altura em que trava nova batalha com um valor indispensável ao plantel do Sporting. O golo fica para a segunda volta. Pode ser que Martins lhe ofereça uma maçã.

5. O Braga de Jesus começa a escorregar mais do que o previsível. Perder com o Sporting é normal, mas perder com o Leixões e empatar em casa com a Naval já começa a ser preocupante. Será necessário rever o conceito dos dois pontas-de-lança e dos três médios ofensivos? Que corra mal mais uma semana, porque para a próxima é em Guimarães...

master kodro

14 comentários:

galvao99 disse...

1. Vi o jogo do Porto e, com 1-0, na segunda parte, o Paços teve o jogo na mão e oportunidades para empatar. O 2-0 acabou com a estória.

2. Apesar do equilibrio, o que decidiu foi a garra, a crença, a humildade e o respeito que o jogadores do Benfica tiveram para com o Sporting e seus jogadores. O Sporting equilibrou mas nao dominou (a crónica do JPL no "jogo" fala sobre isso), foi amorfo e nao teve "lanças" para morder o adversario.

3. Sim, o rapaz teve uns lapsos graves no inicio da partida, mas tal é normalissimo num jovem de 19 anos que se estreia num clássico e que faz o 2º jogo a títular. Tem pinta, carácter e potência, embora isto nao faça dele o melhor central de Portugal e arredores, e fique sujeito a novas apreciações.

Helder disse...

Amigo master kodro, já conheço a tua opinião sobre o Martins, de posts anteriores. E é tão válida quanto a minha, apesar de contrárias. Não me parece que qualquer treinador, a menos que seja tolinho da cabeça, goste de prescindir de bons jogadores sem terem uma boa razão. E incluo o Paulo Bento nessa ideia. O Martins é um jogador muito bom, que podia e devia estar a ter uma carreira bem melhor do que aquela que tem tido. Mas também não deixa de ser verdade que pelo SCP passaram vários treinadores, e com nenhum deles ele se impôs. E não me parece que todos tenham embirrado com ele, nem me parece que tenha sido falta de talento. Se ele é "gajo da noite", ou não, isso não sei, mas pelo menos da fama não se livra. E normalmente onde há fumo há fogo. De qualquer forma, da mesma desassombrada forma com que admito a enorme valia técnica do Martins, também me parece evidente que estamos perante um jogador com um ego complicado, típico de primadona. Não foram uma nem duas vezes, que o vi a jogar a arrastar-se em campo e a cometer cenas evitáveis como aquela em que se fez expulsar no Restelo em 5 minutos. Depois há a situação clínica dele, em que o nosso Dep. Médico afirmou claramente que ele estava clinicamente curado, quando o Martins afirmava o contrário. E até ver, não vejo motivos para desmerecer os nossos médicos (embora nesta questão admita que se possa tomar qualquer partido).
Em Espanha esteve bem, embora numa equipa de nível médio baixo, onde se tornou para ele mais fácil sobressair em relação aos colegas. Mas fez bela época, sem dúvida. Espero que retome a carreira a 100%, sem problemas, porque sou do SCP mas primeiro sou português, e acho que precisamos muito do talento dele na selecção. Ainda assim, parece-me perfeitamente legítima a dispensa de um jogador, que embora talentoso, nunca conseguiu ser aquilo que o técnico dele esperava, nem trabalhar dentro das linhas normativas que o Bento preconiza. E quando assim é, e quando 2 feitios são assim tão díspares, neste tipo de actividade, a convivência fica muito comprometida. E dado que o treinador é o Bento, e ele entende que o positivo que o Martins trouxe ficava bem abaixo do negativo que acarretava para o grupo, optou pela dispensa. Correndo o risco de ser precipitado, com os dados que sei, por imprensa e pelos jogos da altura, eu provavelmente também o teria dispensado.
Para finalizar, fiquei triste como Sportinguista, tal como ele, com a reacção dele ao 2º golo. Penso que o Sporting e os sportinguistas (e o Sporting não é o Paulo Bento, nem a Juve Leo que o insultou), não lhe mereciam toda aquela raiva nem aqueles insultos que se perceberam nas repetições dos festejos. Sempre foi tratado como um dos preferidos pelo público e admirado como jogador e sportinguista. Ficou-lhe mal.

Bruno Ribeiro disse...

"1. Vi o jogo do Porto e, com 1-0, na segunda parte, o Paços teve o jogo na mão e oportunidades para empatar. O 2-0 acabou com a estória."

Aqui está um bom tratado de como se desmentir a si mesmo num único parágrafo! Ou isso, ou então viste o jogo num televisor especial!

MK,

já estás a dizer que o rapaz quase que falhava de baliza aberta, o que é falso! Ele quer é que todos os golos que marque entrem perto do ângulo! Isso de empurrar para a baliza era muito simples. O Hulk só tentou demonstrar que mesmo com a baliza aberta é bomba lá para dentro. Curiosamente, quando devia rematar em força, como é o caso dos livres, é cada rosca!

Filipe disse...

5. Dois pontas de lança? Com essa é que me tramaste. Preciso mesmo de uma reciclagem de terminologia futebolística. O

s avançados podem ter o seu quê de culpa (1 golo apenas nos últimos 3 jogos) mas o Braga está sobretudo orfão do Madrid. Não há equilíbrio defensivo (4 golos sofridos nos últimos 3 jogos).

Se o Cajuda não inventar tem tudo para aumentar o avanço.

Mário Rui Ventura disse...

Oh mk,
e a multa aplicada ao Guimarães, ainda referente à pré-eliminatória da Champions?

Prepara aí o cantinho do vitória para mais logo...

master kodro disse...

Justa, mário rui. O direito à indignação acaba no exacto momento em que não se respeitam os direitos dos outros. O Cantinho do Vitória já foi escrito, logo a seguir ao jogo.

Dois pontas-de-lança e três médios ofensivos, filipe. Nem é falta do Madrid. É de alguém que defenda. Um não chega.

Mr.M disse...

Alguem que me diga quais as oportunidades que o Paços criou porque eu não vi nenhuma.

Serei maluco, ou só eu vi a falta do Sidnei sobre o Polga no lance do 2º golo????

P.S. O tipo do blogdabola é tão lélé que nao aceita os meus comentários, isto apesar de nunca nenhum ter conteúdo insultuoso. Ele não passa de mais um bobo da corte de além Mondego...ainda bem que existe este blog, senão estava condenado à solidão!

Fredy disse...

por falar em pontas de lança..hoje no JN vem uma entervista do Wesley onde ele próprio diz que não é ponta de lança e detesta quando lhe chamam isso :P

pitons na boca disse...

E o Reyes recebeu a bola do Aimar em fora de jogo, no primeiro golo. LOOOL

EntradàVirilha disse...

Não vejo nada de especial na assistência do Carlos Martins. Marcou um livre para dentro da área do Sporting onde o Polga e o Tonel foram "tonis" e tiveram medo de saltar com o Sidnei e o Cardozo(se não me engano). MK, achas mesmo que o Paulo Bento (e toda a gente) não sabia que o Martins sabe marcar um livre? Mr.m, quanto á (pseudo) falta do Sidney só se foi porque não avisou os jogadores do Sporting que sabia saltar. :)

Nuno disse...

"Dois pontas-de-lança e três médios ofensivos, filipe. Nem é falta do Madrid. É de alguém que defenda. Um não chega."

Master, o futebol é mesmo o quê?? Ah, é um desporto colectivo, é isso, é. Então defender é para todos, não é só para um ou dois ou três ou quatro. Qual é o problema dos três médios ofensivos e dos dois avançados? Os médios ofensivos não têm preocupações defensivas? Têm. Então não é por aí, pá...

master kodro disse...

Podem ter preocupações, mas quando não têm vocação nem vontade, não o fazem, nuno. Tens que passar a barreira do "devia ser", o teu "devia ser", e juntar-te à brigada do "é".

Entrada, o que há de especial na assistência do Martins é precisamente ter sido uma assistência para golo. No Sporting ninguém fez nenhuma. As assistências não são uma coincidência.

EntradàVirilha disse...

Mk, sem querer pôr em causa o (muito) valor que o Martins têm, naquela situação acho que é mais demérito dos centrais do Sporting do que propriamente mérito na assistência do Martins. Não me entendas mal, com isto não estou a dizer que não foi uma bela assistência. Acredita que preferia que os centrais do Sporting não tivessem culpa no golo. Se isso tivesse acontecido claro que me provocaria muita azia (apesar de sempre ter gostado do Martins como jogador, com a parte psicológica á parte). Mas não. Neste momento preocupa-me mais, a forma como os centrais abordaram um lance de bola parada. Parecim dois putos inexperientes...

Vitoria-1922 disse...

Orgulho Branco com Bruno Matos

Diz-se que para fazer o futuro é necessário dosear a irreverência com um sonho!
Aliás sem ela não se pode sonhar…
Bruno Matos, o Garu, orgulhosamente ostentando o seu inseparável número 13, mostra isso todos os fins-de-semana quando ao seu colo leva uma inolvidável equipa de guerreiros vitorianos ao sucesso….

Visite em : http://www.vitoria1922.com/orgulho-branco-com-bruno-matos/

Obrigado :D