sábado, setembro 27, 2008

Benfica 2 x Sporting 0

Num jogo equilibrado, o (justo) resultado favorável ao Benfica assentou em três aspectos:

1) As entradas de Katsouranis e Aimar. No primeiro tempo, os leões dominaram o meio-campo, controlando o ritmo do jogo com uma circulação facilitada pela falta de pressão benfiquista e quase total incapacidade para recuperar rapidamente a bola. Com Katso, o Benfica equilibrou nesse aspecto e pôde usufruir de uma ligeira, mas decisiva superioridade na posse de bola, que lhe permitiu aparecer mais vezes junto da área do Sporting. E Aimar trouxe a clarividência e criatividade no último passe que faltara aos encarnados no primeiro tempo.

2) A permeabilidade da defesa sportinguista. Se bem que o Benfica deixou muito a desejar neste capítulo nos primeiros 15 minutos, a verdade é que a retaguarda leonina marcou mal e foi pouco expedita a resolver os lances. Abel comprometeu no primeiro golo. Grimi esteve mal em quase todas as jogadas. E a dupla Tonel-Polga pareceu estranhamente apática (veja-se o golo de Sidnei). Para uma equipa que assenta a sua estratégia numa boa consistência defensiva, estas lacunas revelaram-se fatais.

3) O recuo leonino na segunda parte. No primeiro tempo o Sporting foi muito mais vertical, com passes venenosos para as costas da defesa benfiquista. Mas depois do intervalo os médios limitaram-se a lateralizar jogo, congelando em demasia a circulação de bola. A ideia que passou foi a de uma tentativa de segurar o empate de forma passiva. Excessivamente passiva, pareceu-me.

Em termos individuais, destaque para Reyes (melhor em campo), Sidnei (mais uma bela exibição), Maxi (estou disposto a rever a minha opinião sobre o uruguaio), além dos referidos Katso e Aimar. Jorge Ribeiro fez uma primeira parte horrível, mas corrigiu no segundo tempo. Uma palavra ainda para o seguro Quim. No Sporting gostei de Rochemback e alguns momentos de Djaló e Postiga.

katanec

2 comentários:

cparis disse...

É sempre bom rever opiniões, principalmente se comparares Maxi com Abel.. Com um pouco de sorte ainda hás-de rever a tua sobre o 4-4-2 (o esquema do Quique, não o blog, claro) ;)

Só te queria deixar um desafio que acho interessante: qual ou quais os jogadores do SCP que achas que teriam lugar no 11 do SLB que iniciou a segunda parte?

galvao99 disse...

Muito bem o Sidnei.

Notou-se a diminuiçao de rendimento do Sporting desde o final da 1ª parte.

Acho que nao respeitaram o valor do Benfica, acreditando que empatariam fazendo um jogo mediocre, sem risco.

Bom jogo do Quim, que com duas ou três defesas pouco vistosas mas muito complicadas, garantiu a vitória.